Tag Archives: frustrados

FALTA DE ENERGIA PESSOAL EM TEMPOS DE CRISE
      │     5 de abril de 2021   │     17:30  │  0

Todos já possuem motivação suficiente“. Michael Pantalon.

Uma pergunta para você: como vencer a falta de energia e a desesperança em tempos de crise? A situação atual do mundo, que vive uma das maiores tragédias da humanidade, exige do líder, assim como de cada um de nós, uma grande capacidade para energizar-se e para energizar as pessoas ao seu redor.

O psicólogo americano Martin Seligman, em interessante pesquisa sobre Progresso psicológico positivo (2005), enviou um questionário (on-line) para 577 pessoas “destituídas de energia e motivação” ou, em outras palavras, “levemente deprimidas”.

Além de se autodescreveram como “destituídos de energia e motivação”, essas pessoas disseram ainda que se sentiam “tristes e frustradAs” com isso. O que fez Seligman? Pediu a estas pessoas que criassem um diário pessoal durante o período de uma semana, mas… “não sobre o que faziam, e sim sobre o que fariam se tivessem mais energia“.

Michael Pantaleon, PhD em Psicologia, faz a seguinte observação sobre a pesquisa: Notem que Seligman criou uma situação na qual os participantes do estudo não poderiam focar no como (“Como posso me divertir, se estou tão cansado?”). Isso talvez incentivasse as pessoas a pensar em todos os motivos para não entrar em ação. Em vez disso, ele tentou acessar a motivação pedindo as pessoas que focassem naquilo que poderiam querer.

O resultado: O simples fato de comunicarem para si mesmas, ou seja, escreverem em seus diários as coisas que poderiam querer fazer, levaram estas pessoas a se sentiram motivadas a fazer tais coisas. E o melhor, elas relataram, na continuidade da pesquisa de Seligman, que uma semana após escreverem e refletirem sobre os seus desejos, em potencial, já se sentiam com mais energia, mais animadas, mais felizes. Que maravilha, hein?! Exclamou a minha amada – Bernadete – ao me ouvir ler este parágrafo. Também achei!

Bem, caras e caros líderes, para mim também o impacto da pandemia tem sido desafiador (e que saudade do meu amado pai nonagenário que que não fui visitar neste natal lá no Ceará), então, daqui a pouco, eu vou começar a escrever o meu diário das coisas que eu poderia querer fazer… (Risos). Seria uma sugestão interessante para você ou não?

Tags:, , , , , , , , , , , ,

>Link